Calango desiludido

(Imagem: Patricia Russano Cuyumjian - Fonte: Flickr)

(Imagem: Patricia Russano Cuyumjian – Fonte: Flickr)

Eita calango aventureiro!
Das estilingadas à tarde, foge ligeiro
com o sol a tostar os pés
procura no sertão, o rio, o mar, as marés
só o que come é a poeira das estradas daqui
à noite sonha com cajá, umbu, goiaba, pequi
– o que cria nessa terra seca, seu moço, é só lamento!
– os bichos magros, o povo indo embora de tanto sofrimento

Eita calango inocente!
ficou imaginando como seria o velho chico passando bem em sua frente
ouviu isso do marvado Zé que falava afirmando com toda certeza:
–  Vai passar! Vai passar, numa grande correnteza!
De tanto ser enganado, o bicho perdeu a esperança
agora só observa ao redor, guardando tudo na lembrança
a vaquinha magra, os meninos de pé no chão, a plantação miúda
já que os poderosos não se importam, à Deus do céu pede ajuda

Eita calango desiludido!
Agora não vê mais beleza nas coisas, já está tudo perdido
alegria nessa terra esquecida, vê mais nem pequena semente
fica matutando dia e noite:
– Eita bicho maldoso essa tal de gente,
promete coisa que não vai cumprir,
engana o povo simples e depois ri.
– já vi sujeito traiçoeiro nessas minhas andança
mas nenhuma espécie que faça toda essa matança!

Adriano Yamamoto (Data: 04/12/2012)

De acordo com estatísticas da ONU, o nordeste brasileiro enfrenta em 2013 a maior seca dos últimos 50 anos, com mais de 1.400 municípios afetados. A seca deste ano já é pior do que a do ano passado, também recorde. Essa realidade, no entanto, não é isolada. A previsão das Nações Unidas é de que até 2030 quase metade da população mundial estará vivendo em áreas com grande escassez de água.

http://www.onu.org.br/pior-seca-dos-ultimos-50-anos-no-nordeste-brasileiro-confirma-estatisticas-da-onu-sobre-escassez/

Anúncios

6 opiniões sobre “Calango desiludido

  1. Adriano, muito bonito! O importante é que suplica para que não esqueçamos da seca que assola o país. Há quantos anos temos falado sobre reservas de água. Aposto que vamos esperar a escassez para levarmos isso a sério. Enfim… O poema é muito lindo!
    Um abraço,
    Manoel

    • Obrigado Manoel! Importante o que você disse “que assola o país”. Quando falamos em seca, pensamos logo no nordeste. Moro atualmente em Belo Horizonte/MG, mas sou do norte de Minas onde as represas estão secando e algumas cidades já precisam de transporte de água em caminhões pipa. Fico imensamente feliz que tenha gostado.
      Um grande abraço e bom fim de semana!
      Adriano

  2. Precisamos mesmo estar lembrando a toda hora desse descompasso da natureza. Acho que há muito pouco interesse tanto da população quanto dos órgãos governamentais para ter os meios de lidar com o problema que só se agravará. Boa postagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s