Alma ao vento

ao-vento
Mais vale um devaneio jogado ao vento do que o mecânico pensar.
E muito mais a subversão das idéias
do que a obediência cega que anula a dúvida e reforça os muros da submissão.
Vale mais um breve momento onde a alma é livre para ser,
do que a eternidade de uma vida vazia que se vai no estalar dos dedos de uma criança.

Adriano Yamamoto (Março – 2012)

 

6 opiniões sobre “Alma ao vento

  1. Adriano, que pensamento incrível:
    “a obediência cega que anula a dúvida e reforça os muros da submissão.”
    Eu quero morar neste “breve momento de liberdade”.
    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s