Rochas cores

Fotografia de Laís Schulz

(Fotografia de Laís Schulz)

Tantas Claras, Laras
Rosas e Marias
No princípio, taras
doces iguarias
No fim, dores
rochas cores

Em seus muitos amores
Julianas e Robertas
Vermelhas cores
feridas abertas
Um sussurro triste
e ela insiste

Nem a morte assombra
essas doces Joanas
Entre alegrias e desgostos
Traz a marca no rosto
Solitárias na noite
o amor e açoite

Vermelho de maçã
bem no espelho
Logo de manhã
a cor de romã
No peito, deleito
a cor do batom
Em áspero tom

Adriano Yamamoto (Data: 07/08/2013)

Anúncios

18 opiniões sobre “Rochas cores

    • Alma, interessante você dizer isso. Digo porque sou muito ligado a área musical e tenho um sonho de um dia ser letrista. Quem sabe, né?… rs
      Por enquanto não estão tributando o exercício de sonhar… 🙂
      Grande abraço e muito obrigado pelo comentário.

  1. Denuncia!!!!!
    ESSE POEMA LINDO É MEU, VOCÊ ME ROUBOU.
    Brincadeeeeeeira!!!
    Mas é o que afirmo com cara de triste a minha esposa sempre que leio alguns desses pra ela.
    Ela não suporta ouvir seu nome. rs rs Te chama de charlatão…kkkkkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s