Vôo sem asas

 

(Imagem: Abby Diamond)

(Imagem: Abby Diamond)

Eu que não sabia voar
Voei tão alto que tive medo
Nas suas asas a segurar
Rabisquei no céu um segredo

Eu que não sabia amar
Amei tão rápido sem saber
O coração se deixou levar
Voei, voei sem perceber

Eu que não queria me amarrar
Com seus olhos me encantei
Me perdi nos laços devagar
Fiz bem forte um nó e puxei

Cisma que podes voar
E nem asas tem
Vôo longe, bem alto
Nas asas de um certo alguém

(Data: 25/06/2013 – Para Luciane Yamamoto, dona das asas que me fazem voar)

Anúncios

13 opiniões sobre “Vôo sem asas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s